FANDOM


Vagalume

Firefly (2)

Firefly (1)

Informações Biográficas
Nome Verdadeiro Garfield Lynns
Ocupação Profissional do crime
Mercenário
Expert em piromania
Fica em Móvel (Nada fixo)
Afiliações Coringa
Máscara Negra
Espantalho
Raymond Underhill
Descrição Física
Cor dos Cabelos Nenhum (Antigamente, castanho)
Cor dos Olhos Azuis
Altura 1.80 m
Peso 75 kg
Informações de Jogo
Aparece em Batman: Arkham Origins
Batman: Arkham Knight
Dublador Crispin Freeman
Primeira Aparição Detective Comics #184 (Junho de 1952)
Gotham precisa queimar. Você de todas as pessoas deve saber isso, Batman. Está na escuridão. Eu só quero trazer um pouco de luz.
— Vagalume tentando convencer Batman
Você não pode pará-lo Batman, o fogo ... o fogo consumirá Gotham. Seus edifícios ... seu povo ... todos serão reduzidos a cinzas.
— Vagalume

Um piromaníaco, Garfield Lynns, também conhecido como Vagalume, começou como um criminoso mesquinho, mas logo se transformou em um dos maiores mercenários, um terrorista que centrou-se em torno de incendiar partes enormes de Gotham City no processo de transformação. Mas os incêndios de Lynn logo saíram de seu controle, o que o deixou horrivelmente marcado por uma de suas próprias chamas. O corpo de Lynn estava quase completamente coberto de queimaduras e ele usa um terno de retardador de chama de corpo inteiro quando ele estava perseguindo seus interesses criminosos entre os períodos de encarceramento na prisão de Blackgate. No momento do segundo ano de Batman, Vagalume conseguiu ganhar 178 contagens de incêndio, 52 dos quais resultaram em várias mortes, 4 contagens de assassinato do primeiro grau e 10 acusações de roubo.

Ele serviu como o principal antagonista das missões dos mais procurados de Gotham: Gotham em Chamas.

Relatório de incidentesEditar

Antes de Arkham OriginsEditar

Garfield Lynns era um pirotécnico que trabalhou como um artista de FX em Panessa Studios. Essa carreira terminou depois que os estúdios faliram após uma queda financeira. O proprietário dos estúdios, Tomaso Panessa, foi forçado a demitir Lynns para economizar dinheiro, mas foi morto por ele imediatamente depois, enquanto Lynns cuspia nitroglicerina no charuto ardente de Panessa.

Mais tarde, Lynns foi empregado pelos militares, até que uma de suas próprias chamas incendiárias saiu de controle e causou seu corpo a ser marcado com queimaduras, o que o transformou em um piromaníaco psicótico. Ele pegou o apelido de 'Vagalume' e roubou armamento de classe militar e um jet pack para seus fins criminosos futuros (a este ponto, Lynns estava quase enlouquecendo). Nessa altura, ele também teve 178 acusações de incêndio, 52 dos quais resultaram em morte, 4 acusações de assassinato do primeiro grau e 10 acusações de roubo. O perfil de Vagalume no DPGC também indicou que ele tinha quatro acusações de incêndio criminoso, duas sendo sobre estrutural e duas para outras fontes, e uma contagem de roubo de edifícios, e que ele era perigoso o suficiente para realmente exigir uma atualização federal sobre lidar com ele.

Incidente de Arkham OriginsEditar

196BatmanVSFirefly

Vagalume enfrentando o morcego.

Grite para mim!
— Vagalume com Batman

Durante a Véspera de Natal, Vagalume foi contratado pelo Máscara Negra para matar o suspeito vigilante Batman em troca de 50 milhões de dólares. Ele arma várias bombas na ponte de Gotham, contrata capangas e faz civis de reféns para chamar a atenção do Morcego, assim uma luta se inicia mas Batman consegue deter ele, suas armadilhas (salvando os civis) e seus capangas, o entregando a polícia e ao Tenente Gordon.

Entre Arkham Origins e Ataque ao ArkhamEditar

Vagalume foi levado à prisão Blackgate, e mais tarde foi transferido para o Asilo Arkham, quando foi reaberto por Quincy Sharp. Era desconhecido quem estava tratando Lynns, mas era muito provável Dra. Young, como ela tinha notas pessoais sobre ele.

Incidente de Ataque ao ArkhamEditar

O equipamento de Vagalume foi visto na sala de armazenamento ao lado de Killer Moth quando o Esquadrão Suicida estava procurando o Charada.

Incidente de Arkham AsylumEditar

Na Sala de Observação de Pacientes, no Centro Médico, havia dois recortes de jornal sobre Vagalume e seu lança-chamas. Escanear o jornal resolveria o enigma: "Esse fogo estava muito quente na imprensa?". E destravará sua biografia.

Incidente de Arkham CityEditar

Após os eventos do Protocolo 10 (Batman: Arkham City), muitos criminosos processaram a Prefeitura pela restituição e foram liberados. Lynns, sendo um desses criminosos, foi libertado e dado um grande assentamento. Ele também foi devolvido todo o seu equipamento antigo, como um termo de sua libertação.

Incidente de Arkham KnighEditar

Quando os bombeiros da Firehouse 17 ficaram para trás no Dia das Bruxas, Lynns atacou seu caminhão, o que permitiu que os capangas do Espantalho sequestrassem os bombeiros e os prendessem em cativeiro pela cidade. Com isso feito, Vagalume começou a queimar várias estações de fogo em torno de Gotham.

Batman primeiro encontrou diretamente Vagalume depois de apagar o fogo que ele causou na Bristol Fire Station. Seguiu-se uma breve perseguição através da Ilha Miagani. Eventualmente o jet pack de Vagalume ficou sem combustível. Isso permitiu Batman para atacar diretamente Lynns, que conseguiu escapar, apesar dos danos ao seu equipamento.

Em vez de escapar Gotham, Vagalume decidiu continuar com sua atribuição. Batman mais tarde cruzou caminhos com ele no Cauldron Fire Station. Batman perseguiu o piromaniaco psicótico através da ilha de Bleake em uma segunda tentativa de capturá-lo. Novamente, o jet pack de Vagalume ficou sem combustível, permitindo que Batman o atacasse. Vagalume consegue fugir novamente, porém em um estado bem pior.

Apesar de ter sido espancado duas vezes, Vagalume não pôde desistir, e tentou queimar a estação de bombeiros final, Otisburg Fire Station, localizado na Ilha dos Fundadores. Batman encontrou o prédio em chamas e enfrentou o incendiário mais uma vez. Depois que o jet pack de Firefly falhou pela terceira vez, Batman foi capaz de derrubar o psicopata. Ele então requisitou o jet pack do Vagalume e levou-os para o DPGC Lockup, onde Lynns permaneceu encarcerado pelo resto da noite; O circuito principal foi arrancado do jet pack para evitar qualquer ideia sobre roubá-lo e escapar. Ironicamente, ele era o companheiro de cela de seu ex-sócio, o Chefe Underhill.

PersonalidadeEditar

Vagalume ficou completamente louco após perder tudo (emprego e seu rosto), sua obsessão se tornou ódio, e ele começou a descarregá-lo em Gotham. Isso é o que o move, ódio, e sua vontade de queimar tudo em sua volta para saciar sua vontade de ter atenção de Gotham.

AparênciaEditar

Vagalume é totalmente desfigurado e sempre está com seu traje o protegendo. As queimaduras chegaram, em sua maioria, nos ossos, a dor que Lynns sente é enorme e sua pele é toda cheia de feridas e queimaduras.

GaleriaEditar

Links externosEditar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.