FANDOM


Espantalho

TheScarecrow-Arkham Knight

AsylumScarecrow90

Informações Biográficas
Nome Verdadeiro Jonathan Crane
Ocupação Criminoso Profissional
Terrorista Nacional
Professor (Antigamente)
Psiquiatra (Antigamente)
Fica em Gotham City
Afiliações Coringa (Antigamente)
Simon Stagg (Antigamente)
Cavaleiro de Arkham
Milícia
Descrição Física
Cor dos Cabelos Marrom
Cor dos Olhos Azuis
Altura 1.8m
Peso 73 kg
Informações de Jogo
Aparece em Batman: Arkham Asylum
Batman: Arkham City (Apenas voz)
Batman: Arkham Knight
Dublador Dino Andrade (Arkham Asylum e Arkham City)
John Noble (Arkham Knight) em Inglês
Clécio Souto (Arkham Knight) em Português
E quando a manhã chegar, quando Gotham estiver em ruínas e eu virar minha atenção para o resto do mundo... a lenda do Batman não terá valor NENHUM!
— O Espantalho em uma mensagem pública a Gotham ocupada.
Por que você ainda resisti, Batman? Você é tão louco quanto todos nós. Você precisa de nós, assim como nós precisamos de você!
— O Espantalho, quando o Batman resistiu a sua toxina.

Torturado e intimidado desde sua juventude, Jonathan Crane prometeu superar seus medos através do estudo da psicologia e bioquímica sobre fobias e da natureza do medo. Crane adotou a identidade de Espantalho e se armou com um gás especializado para induzir ao medo que faz com que as fobias mais profundas de uma pessoa se torne uma realidade assustadora. O contínuo terror de espantalho faz dele um dos mais recorrentes e psicologicamente perigosos inimigos de Batman.

HistóriaEditar

Início da vidaEditar

Provocado e oprimido por seus colegas durante sua infância, Jonathan Crane jurou vencer seus medos através do estudo de psicologia e bioquímica em fobias e na natureza do medo e da intimidação. Expulso da universidade que ele era professor de química e psicologia por usar humanos como cobaias, Crane adotou a identidade de Espantalho, e armou a si mesmo com uma toxina induzida pelo medo que faz uma pessoa alucinar loucamente, acreditando que suas fobias mais profundas haviam se tornado uma realidade aterrorizante. O reino de terror e medo recorrente do Espantalho o faz um dos mais perigosos inimigos do Batman, especialmente por causa de seus perigosos conhecimentos psicológicos.

Relatório de IncidentesEditar

Antes de Road To ArkhamEditar

O Espantalho, após ter sua vingança na faculdade, começou a ir contra Gotham também, ele foi tão longe a ponto de envenenar parte das pessoas de Gotham, isso chamou a atenção do vigilante Batman, que começou a pesquisar mais sobre ele. Eles chegaram a se encontrar algumas vezes (duas no total, ou pelo menos relatadas), na primeira, Batman o capturou e enviou a Prisão Blackgate, mas Crane fugiu facilmente e foi pego novamente após falhar no plano de usar o seu Gás do Medo nele (o ferro no Bat-Traje impedia um aumento no efeito da toxina). Na segunda vez, Crane foi enviado ao Arkham, onde ficou obcecado pelo Morcego. Com o tempo, ele se recusou a comer apenas para por suas pesquisas em dia, o mesmo vale aos tratamentos que ele recusava. A aparência de Crane ficou totalmente desfigurada e ele ficou muito mais magro que o normal.

Incidente Road to ArkhamEditar

Na HQ Batman: Road To Arkham, Batman e Espantalho se encontram mais uma vez, ele havia fugido do Asilo e após uma breve conversa e luta, Batman o prende e o leva ao Arkham novamente. Porém lá, o Coringa causa uma rebelião e um caos, Crane aproveita e escapa também de sua cela.

Incidente de Arkham AsylumEditar

Durante o caos no Arkham Asylum provocado pelos tumultos e revoltas do Coringa e seus aliados, o Espantalho foi brutalmente atacado, espancado e quase devorado pelo Crocodilo, um criminoso mutante enquanto lutava e ameaçava Batman de que iria espalhar a Toxina do Medo em Gotham.

Entre Arkham Asylum e Arkham KnightEditar

Por causa do ataque de Crocodilo, Crane ganhou uma aparência horrenda e terrível, com sua cabeça ficando praticamente sem pele e ficando com uma de suas pernas paralisadas. Fervendo e louco de raiva, o Espantalho jurou uma vingança a Batman, Gotham e seus residentes. Ele conheceu alguns de quem seriam seus maiores aliados, o misterioso Cavaleiro de Arkham e o mercenário mortal Exterminador. Juntos, eles começaram a planejar sua vingança a Batman e Gotham.

Primeiramente, o Espantalho iria precisar de aprimorar sua toxina, para isso ele contratou Simon Stagg, o CEO da Stagg Enterprises, uma companhia especializada em bio-medicina avançada, já que Simon é um filantropo que aceita tudo pelo dinheiro, com o Espantalho não foi diferente e ele aceitou ajudá-lo em seu plano.

Incidente de Arkham KnightEditar

Em meio a seus esquemas junto com o Cavaleiro e com o Exterminador, o Espantalho completamente aperfeiçoou sua toxina e causou através dela um massacre no restaurante Pauli's Diner, aterrorizando Gotham e então ameaçando ela de coisas muito piores. Ele efetivamente conseguiu causar uma evacuação em massa na cidade, e junto de sua aliança formada por chefões de crime, dominou a cidade por completo, transformando Gotham em uma cidade sem lei.

A organização secreta militar comandada por ele e seus aliados, a Milícia, então organizou o domínio da cidade e ele pôs em prática seu plano de verdade. Com seu objetivo principal sendo provar ao mundo que o Batman não pode proteger-los de seus medos, ele liberou o Dispositivo de Precipitação, uma arma química em massa, na cidade, cobrindo Gotham com uma nuvem de gás do medo. O Batman, com a ajuda do DPGC e da Hera Venenosa, efetivamente deram um fim ao Dispositivo de Precipitação e desmoralizaram a Milícia, derrotando ambos o Cavaleiro de Arkham e o Exterminador.

Tomando uma última chance para completar seu objetivo, o Espantalho forçou o Batman a desistir, ameaçando as vidas de Robin e de James Gordon. Ele então tirou a máscara do vigilante e revelou sua identidade (Bruce Wayne) a Gotham e ao mundo, e em seguida injetou uma grande dose de toxina do medo no Batman, desejando desestabilizar a mente dele e fazer ele causar um massacre. A mente do Batman provou ser mais forte entretanto, e Crane foi finalmente derrotado, recebendo uma dose de sua própria toxina no final e sendo preso pelo resto da vida.

PersonalidadeEditar

Crane é um psicopata, mas diferente dos outros, ele é inteligente e pensa em planos e como agir antes de tomar uma decisão, além de cuidadoso e leal, nunca quebra uma promessa que fez, como visto em Batman: Arkham Knight, onde ele prometeu e cumpriu que iria entregar ao Cavaleiro o Batman, apesar de não dar muito certo.


GaleriaEditar

CuriosidadesEditar

  • Apesar de ser o antagonista primário em Arkham Knight, Crane é o vilão que menos aparece e confronta o Batman na série Batman Arkham.
  • Sua dublagem brasileira foi feita por Clécio Souto, ele também dublou Jonathan Crane na trilogia Batman: O Cavaleiro das Trevas.
  • O Espantalho chega a drogar Batman três vezes em Batman: Arkham Asylum poder saber sua identidade.
  • O Espantalho tem seu próprio Mapa de Desafio, o chamado "Scarecrow Nightmare", lá o próprio Crane aparece no fundo, mas é sem interação, similar as vezes que ele droga Batman em Arkham Asylum.
    • Ele vive tendo atacar Batman neste mapa e caso ele consiga, o Morcego morrerá instantaneamente.
    • Este mapa é disponível apenas com uma DLC paga ou pela edição GOTY do jogo.
  • Em Batman: Arkham City, o jogador pode encontrar a Máscara do Espantalho em cima de um edifício perto da Siderúrgica Sionis, isso é uma das charadas do Charada e o jogador precisa encontrá-la caso queira um 100% do jogo.
    • O Espantalho também tem o seu "laboratório" em um dos barcos perto da Siderúrgica do Sionis em Arkham City. Lá o Batman pode encontrar alguns experimentos e uma cobaia humana morta.
    • Ele é um dos vilões de Arkham City que não aparecem mas tem o maior número de Easter Eggs, como por exemplo, ao usar o Dispositivo de Descriptografar, e usá-lo em certa parte do mapa para ouvir alguém falando, Batman poderá ouvir o Espantalho dando coordenadas de um local.
  • O Espantalho é um dos únicos vilões da série Batman Arkham que não tem seu rosto revelado, porém os criminosos o descrevem como "horrível" e "horrendo".

Links externosEditar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.