FANDOM


Não confunda com a história em quadrinhos interativa Batman: Origens do Arkham.
Visão Geral

Batman: Arkham Origins
BatmanArkhamOrigins
Desenvolvedora
Desenvolvedora Warner Bros. Games Montréal
Splash Damage
NetherRealm Studios
Publicadora Warner Bros. Interactive Entertainment
Diretor(es) Dooma Wendschuh
Warner Bros. Interactive Entertainment
Lançamento 25 de outubro de 2013
Informações do Jogo
Gênero Ação
Investigação
Modo(s) de Jogo Modo História
Mapas de Desafios
Multijogador
Plataformas Xbox 360
PlayStation 3
Wii U
Microsoft Windows
Análises
PlayStation 3 ★★★★☆ (4/5)
Xbox 360 ★★★☆☆ (3.5/5)
PC ★★★☆☆ (3.5/5)
Xbox One ★★★☆☆ (3.5/5)
Você simplesmente não consegue entender isso com a sua cabeça oca, NÓS APENAS EXISTIMOS POR CAUSA DELES!
— O Coringa para Batman

Batman: Arkham Origins é um jogo de ação-aventura e furtividade desenvolvido pela Warner Bros. Montreal e lançado para PlayStation 3, Xbox 360, Xbox One, Wii U e Microsoft Windows em 25 de outubro de 2013 pela Warner Bros. Interactive Entertainment. O jogo é o terceiro jogo principal na série Batman Arkham e serve como uma pre-quela para o primeiro jogo da série, Batman: Arkham Asylum.

Arkham Origins se passa durante os primeiros anos de Bruce Wayne como o Batman, quando o influente chefe da máfia Máscara Negra contrata oito assassinos de aluguel para matar o vigilante em apenas uma noite, com uma recompensa de 50 milhões dólares. Enquanto trabalha para derrubar o Máscara Negra e neutralizar os oito assassinos, Batman descobre um plano maior do que ele imaginava, e precisa derrubar um misterioso novato no crime de Gotham City. A história se passa no final do segundo ano de Bruce Wayne como Batman e cinco anos antes de Arkham Asylum.

O jogo recebeu avaliações e críticas boas, mas foi considerado pior que seus dois antecessores e foi criticado por sua jogabilidade extremamente parecida com a de seu antecessor, Batman: Arkham City. Apesar das críticas, o jogo ainda rendeu um Passe de Temporada e vários Conteúdos para Baixar, além de um jogo 2.5D, Batman: Arkham Origins Blackgate, um jogo spin-off para mobile com o mesmo nome e uma história em quadrinhos interativa.

EnredoEditar

Para ver detalhes do enredo, entre no artigo Batman: Arkham Origins/Enredo.

Na noite de véspera de Natal, Bruce Wayne ouve sobre uma rebelião em Blackgate causada pelo Máscara Negra. Era nesta mesma noite que executariam o Homem-Calendário, criminoso este que Batman havia capturado a pouco tempo. Bruce decide intervir e ao chegar na prisão, percebe a confusão toda do lugar. Ele salva o Diretor Joseph, Vicki Vale e seus assistentes, além de enfrentar diversos prisioneiros que fugiram. Mais tarde, ele testemunha o Máscara Negra matando o Comissário Loeb. Chegando no terraço, Batman foi obrigado a lutar com o Crocodilo/Waylon Jones para descobrir o que o Máscara Negra estava planejando. O Crocodilo então revela que ele contratou 8 assassinos para matarem o Morcego naquela noite. Batman então terá que lutar contra estes assassinos enquanto impede o império de Roman Sionis de crescer.

JogabilidadeEditar

A jogabilidade de Arkham Origins foi bem parecida com seus antecessores, bem como os equipamentos que foram reformulados, mas com a mesma utilidade em Arkham City. A maioria dos movimentos permaneceu a mesma, com exceção de alguns golpes que usavam de chutes, e agora usam de socos devido as Luvas do Choque que podem ser ativadas em combate.

A grande inovação do jogo foi seu modo multijogador, que se passa alguns meses após os eventos do jogo principal e traz os jogadores a um modo online onde podemos controlar Batman, Robin (Dick Grayson), Bane, Coringa, a Gangue do Coringa e a Milícia do Bane.

MultijogadorEditar

O modo multijogador foi lançado junto ao jogo (para a versão Xbox 360 o jogador precisaria do segundo disco) e nele os jogadores devem se enfrentar no mapa, sendo dividido em três equipes. As equipes são, Heróis (Batman e Robin), Gangue do Bane (capangas do Bane e o próprio Bane) e Gangue do Coringa (capangas do Coringa e o próprio Coringa), eles devem se enfrentar e tentar vencer os outros times. Para Bane e Coringa entrarem na partida, sua devida gangue deveria abrir caminho para eles dentro do mapa, e então um dos jogadores assumiria o controle do respectivo vilão.

MissõesEditar

As missões de história continuaram seguindo em linha reta, com breves pausas. Essas pequenas pausas eram oferecidas para que os jogadores cumprissem as Missões dos Mais Procurados, que substituíram as Missões Secundárias de Arkham City. A história do jogo gita em torno dos oito assassinos caçando Batman, porém apenas seis deles aparecem nas missões principais, com Shiva e Pistoleiro aparecendo apenas em Missões dos Mais Procurados.

CombateEditar

O combate de fluxo livre continuou semelhante aos jogos anteriores, mas com uma gama maior de equipamentos, além da nova Luvas do Choque, que podem ser ativadas no meio de um combo para causar mais dano e derrotar inimigos mais rapidamente. Alguns capangas devem ser interrogados, estes não irão desmaiar e se renderão assim que seus pontos de vida estiverem baixos.

GráficosEditar

Os gráficos da versão de PC do jogo continuaram semelhantes ao de Arkham City, já nos consoles, ele recebeu certo downgrade em comparação ao título anterior. Graças a tecnologia do Direct X 11, no PC os jogadores podem ativar uma melhoria na geometria e nas sombras, que farão o jogo ficar mais bonito que o título anterior, com novos efeitos na capa do Morcego e no cenário em volta. A melhoria do Direct X 11 no entanto, não se aplica ao Multiplayer e a DLC Cold, Cold Heart.

GaleriaEditar

CuriosidadesEditar

  • A roupa de Batman neste jogo é inspirada na roupa dos filmes de Christopher Nolan, a trilogia Cavaleiro das Trevas, mais especificamente Batman Begins.
  • O jogo teve novos dubladores (na versão americana) para dar um tom mais jovem aos personagens.
    • Na versão brasileira, foi o primeiro jogo da série que veio dublado.
  • Este é o primeiro jogo a trazer 'Fast Travel' (Viagem Rápida) e um modo Multijogador Online.
  • Durante um tempo, a Rocksteady desconsiderou o jogo com canônico (oficial), mas antes do lançamento de Arkham Knight, a Rocksteady considerou o jogo de novo como canônico, ou seja, atualmente o jogo faz parte da história de novo, uma das referências dele é no próprio Arkham Knight onde o Vagalume re-aparece e Alfred menciona o incidente na ponte de Gotham.
  • Originalmente, Arkham Origins foi dito se passando 5 anos antes de Arkham Asylum, mas eventualmente ele foi se ajustando na série Arkham, e em Batman: Arkham Knight, foi estabelecido que Origins se passa perto de 10 anos antes daqueles eventos, botando o jogo aproximadamente 8 anos antes de Asylum, e 10 antes de Knight.
  • Este é o único jogo da série que Dick Grayson aparece como Robin, no entanto, ele aparece assim apenas no modo Multiplayer.

Links externosEditar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.