FANDOM


Para ver a antiga identidade secreta de Barbara Gordon, veja Batgirl.
Para ver a atual identidade secreta de Barbara Gordon, veja Oráculo.

Arkhamlogo

ALERTA DE SEGURANÇA

Para esta wiki ser mais informativa, os artigos a seguir contém spoilers, ou seja, leia por sua conta própria e riscos.

Barbara Gordon
Barbara-gordon (2)
Informações Biográficas
Nome Verdadeiro Barbara Gordon
Ocupação Estudante do ensino médio (antigamente)
Fica em Gotham City
Afiliações Bruce Wayne
Tim Drake
Alfred Pennyworth
James Gordon
Lucius Fox
Dick Grayson
Descrição Física
Cor dos Cabelos Ruivos
Cor dos Olhos Azuis
Altura 1,57 m (Arkham Origins)
1.80 m
Peso 48 kg (Arkham Origins)
57 kg
Informações de Jogo
Aparece em Batman: Arkham Origins
Uma Questão de Família
The Road to Arkham
Batman: Arkham Asylum
Batman: Arkham City
Batman: Arkham Knight
Cara ou Coroa
Dublador Kimberly Brooks
(Arkham Asylum e Arkham City, em inglês)
Kelsey Lansdowne
(Arkham Origins, em inglês)
Ashley Greene
(Arkham Knight, em inglês)
Guilene Conte
(em português)
Primeira Aparição Detective Comics nº 359
(janeiro/1967)

Filha do Comissário de Polícia James W. Gordon, Barbara Gordon foi proibida por seu pai superprotetor de entrar no DPGC.

Em vez disso, ela assumiu a identidade de Batgirl e foi parceira de Batman no combate ao crime por anos. Mas isso acabou quando o Coringa acertou sua coluna com um tiro.

Paralisada da cintura para baixo e presa em uma cadeira de rodas, Barbara adotou a identidade de Oráculo e agora ajuda o Cavaleiro das Trevas com sua habilidade com computadores, fornecendo ao Batman informações constantes em campo para ajudar em sua batalha contra o crime.

Relatório de incidentesEditar

Antes de Arkham OriginsEditar

Não se sabe muita coisa sobre Barbara e seu passado. Ela era filha do Capitão James Gordon e tinha uma enorme vontade de servir ao DPGC e a lei, mas foi impedida por seu pai. Ela tinha um senso de justiça muito forte, e era boa em computação, além de ser uma expert em hacking.

Incidente de Arkham OriginsEditar

Barbara durante a véspera de Natal, resolveu entrar no DPGC para ver de frente o local de trabalho do pai, porém lá ela se deparou com policiais corruptos e prontos para matar o suposto Vigilante de Gotham City, o qual ela considerava um herói. Após mais uma discussão com Gordon, ela entrou em uma sala para encontrar arquivos confidenciais da polícia relacionados a investigação do Vigilante, e encontrou o próprio Batman. Ele estava lá para recolher alguns arquivos do assassinato na Lacey Towers. Eles acabaram conversando e ela disse que os arquivos estão no subsolo.

Após Batman sair de lá, Barbara o ligou pedindo ajuda com um tráfico de armas que o Pinguim comandava. Batman a ajudou antes do fim da noite e ela agradeceu, dizendo que estava certa em achá-lo um "herói".

Entre Arkham Origins e Uma Questão de FamíliaEditar

Com o tempo, Barbara se mostrou útil ao Cavaleiro das Trevas, até o ponto que ela descobriu sua identidade Bruce Wayne durante um baile de máscaras na Mansão Wayne: ela levou seu notebook e acessou uma rede desconhecida, que lhe mostrou a entrada da Batcaverna. Barbara pediu para ser sua aliada com o combate ao crime, e após um teste de habilidades, Barbara se tornou a Batgirl. Ela também conheceu muitos aliados, como Dick Grayson e Alfred Pennyworth, porém com Dick foi mais intenso, ao ponto deles chegarem a namorar, mas após ele largar o manto de Robin e virar o Asa Noturna, Barbara terminou com ele. Então o manto de Menino Prodígio foi passado para Jason Todd e mais tarde para Tim Drake depois de Jason ser morto pelo Coringa. Barbara aos poucos começou um outro relacionamento amoroso como Tim Drake.

Incidente de Uma Questão de FamíliaEditar

Barbara conheceu vários inimigos também. Quando o Comissário Gordon foi capturado pelo Coringa e sua parceira Arlequina, foi a Batgirl que teve de intervir, já que o Palhaço mataria o Comissário caso Batman aparecesse. Robin/Tim Drake ajudou Barbara nesta noite e eles conseguiram salvar o Comissário, além de prender Arlequina. Infelizmente para eles, o Coringa conseguiu fugir no meio da confusão.

Entre Uma Questão de Família e The Road to ArkhamEditar

Após salvar seu pai, Barbara ficou na sua casa o esperando quando ouviu a campainha tocando, ao atender, o Coringa estava do outro lado da porta com uma pistola. Ele atirou em sua espinha e começou a rir histericamente, dizendo que Gordon ficaria bravo com toda aquela "bagunça". Ao chegar em casa, Gordon a levou para o hospital e Barbara foi forçada a ficar na cadeira de rodas e infelizmente, largar o manto de Batgirl. No entanto, Barbara não desistiu de ajudar a luta contra o crime e se tornou a Oráculo de Batman e Robin, além de virar amiga mais uma vez de Dick. Como Oráculo, Barbara dava informações de campo para Batman, além de ser a expert em computação da Bat-Família. Ela manteve tudo isso em segredo de Gordon durante muito tempo.

Incidente de The Road to ArkhamEditar

Barbara ajudou Batman a seguir uma série de pistas que levou Victor Zsasz e o Espantalho para o Asilo Arkham. A última pista, no entanto, levou Batman a facilmente prender o Coringa. Estranhando a facilidade que foi a captura do Palhaço, Batman resolveu levá-lo pessoalmente ao Arkham.

Incidente de Arkham AsylumEditar

O Coringa havia planejado um motim no Asilo, e Oráculo descobriu que as pistas anônimas que Batman seguiu mais cedo naquela noite, de fato eram do Coringa. Ela deu assistência para Batman durante a noite, e no fim ele conseguiu impedir o plano maior do Palhaço: fazer um exército de Banes usando uma nova fórmula derivada do Veneno, Titan. Isto, porém, só aconteceu após o Coringa injetar em si mesmo o Titan, o que causou uma doença que viria a se espalhar mais tarde.

Incidente de Arkham CityEditar

Após Arkham City ser aberta, Bruce Wayne fez uma campanha para fechá-la, devido as condições desumanas que os internos passavam. Isso fez com que a TYGER prendesse Wayne em Arkham City.

Dentro da cidade, Wayne usou da ajuda de Alfred e Barbara para descobrir o que seria o Protocolo 10 de Hugo Strange. No meio de sua busca, no entanto, Batman foi pego pelo Coringa, que injetou seu sangue no Morcego. Batman agora estava morrendo e precisava da cura o mais depressa possível. Oráculo ajudou Batman a conseguir uma cura, e ele também conseguiu parar o Protocolo 10, que envolvia a morte de todos os internos de Arkham City. Durante estes eventos, apesar de Bruce Wayne tomar a cura, o Coringa não teve a mesma sorte e morreu.

Entre Arkham City e Arkham KnightEditar

Bruce percebeu que a "cura" que tomou apenas retardava o efeito da doença Titan, e agora ele precisava da ajuda de Tim para impedir que a doença voltasse a se espalhar. Barbara não concordava com Batman deixá-lo no Panessa Studios enquanto Robin podia lutar lá fora também, mas entendia a importância do trabalho de Tim com a cura.

Incidente de Arkham KnightEditar

Após o Espantalho ameaçar Gotham City, Barbara disse a seu pai que conseguiu sair em um dos ônibus de evacuação, porém ela mentiu, e havia ficado na Torre do Relógio para ajudar Batman. Quando o Morcego tentou impedir a explosão de uma das indústrias da Químicas Ace, ele descobriu que o Espantalho sabia de Barbara Gordon, e ela é capturada pelo Cavaleiro de Arkham. Bruce tentou resgatá-la a noite toda, e isso levou a um desentendimento com o Comissário Gordon, que descobriu sobre o segredo de Barbara.

Quando Batman derrotou o Cavaleiro, ele e Gordon caíram em uma armadilha do Espantalho, e o Comissário foi obrigado dar um tiro em Batman para salvar Barbara. O Espantalho, no entanto, não cumpriu com o acordo e jogou Barbara do telhado do QG do Cavaleiro de Arkham. Antes que pudesse cair para a morte, Batman a salvou e a levou de volta ao DPGC, onde passou o resto da noite ajudando Batman.

A identidade de Batman foi revelada quando o Espantalho o obrigou a fazê-lo para salvar Tim e Gordon. Isso levou Bruce a ativar o Protocolo Knightfall, que matou ele e Alfred na Mansão Wayne.

Incidente de Cara ou CoroaEditar

Barbara Gordon se casou com Tim Drake e juntos eles continuaram a viver, mesmo que com dificuldade em superar a saída do Morcego. Tim continuou o trabalho de Bruce e conseguiu capturar o Duas-Caras com a ajuda de Oráculo.

PersonalidadeEditar

Barbara Gordon é uma pessoa inteligente que, em sua época de Batgirl, era também muito habilidosa e sempre tentava paralisar os seus inimigos sem tanta violência, diferente do Batman e Robin que tentavam até mesmo quebrar seus ossos. Além de ser calma e tranquila, ela nunca se viu em pressão, exceto com a cena de "suicídio" em Arkham Knight, que possivelmente foi uma encenação.

Barbara não demonstra medo de muitas coisas e ama muito seu pai, Bruce e os membros da Bat-Família, que ela mesma considera como parte de sua família. Ela odeia mentir e, quando tem que fazer isso, ela parece não gostar.

Perfil psicológicoEditar

Barbara é filha de James Gordon, Capitão do DPGC. Com apenas 15 anos, ela é muito madura para compreender como a cidade funciona e toda a corrupção que corre dentro dela. Ela é uma das únicas que parece compreender os objetivos de Batman, e apoia os esforços dele. A inquietude que ela tenta expor a corrupção pode causar problemas um dia. Ela deve ser acompanhada com cuidado para sua própria segurança.

Oráculo/BatgirlEditar

  • Nome Verdadeiro: Barbara Gordon-Drake

AtributosEditar

NotasEditar

  • Memória fotográfica.
  • Conhecimento vasto em infraestrutura de telecomunicações, segurança de rede.
  • Apoia formas alternativas para aplicar a lei.
  • Hacker.

GaleriaEditar

CuriosidadesEditar

  • Oráculo é alguém que responde perguntas sem respostas, por isso a escolha do nome Oráculo para sua nova identidade.
  • A explicação de o porque Barbara se separou de Dick não é explicado, porém presume-se que após se tornar o Asa-Noturna, Barbara teve que terminar com ele, já que Dick começou a morar em Blüdhaven.
  • A roupa roxa e amarela de Arkham Asylum e Arkham City é uma referência ao uniforme da Batgirl.
  • No local onde supostamente Barbara cometeu suicídio, o corpo dela permanece lá até Batman ir embora. Após ele ir e depois voltar, seu corpo vai ter desaparecido, já mostrando uma dica que ela não morreu.
  • Barbara é a única pessoa treinada pelo Morcego que aparece em todos os jogos da série Batman Arkham.
  • O jogador pode jogar como Batgirl no conteúdo adicional Uma Questão de Família.

Links externosEditar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.